FAQs2017-05-25T15:30:55+00:00

FAQ’s

Down

FAQ’s

Quais são os custos para uma Piscina Biológica®?2017-06-15T15:13:48+00:00

Os custos variam muito, dependente do tamanho da instalação, dos materiais e acabamentos escolhidos. Estruturas em betão são mais caros do que a impermeabilização com uma tela plástica especial – afinal o método mais comum para a construção de Piscinas Biológicas®.

Com a base em cerca de 200 projectos realizados de Piscinas Biológicas® em Portugal pode-se considerar um preço de orientação por metro quadrado construído de cerca de 135 Euro (excluindo apenas o valor da água do primeiro enchimento).

 

Posso ver uma Piscina Biológica® “ao vivo”?2017-06-15T14:51:40+00:00

Muitas das centenas de Piscinas Biológicas® existentes em Portugal são projectos para casas particulares. Pode-se facilmente perceber que nem todos os proprietários gostam de receber visitas. Mas existem Piscinas Biológicas® de uso turístico em casas de turismo. É possível passar aí boas “ferias com Piscinas Biológicas® ”.

 

Posso alterar a minha barragem numa Piscina Biológica® ?2017-05-19T12:04:58+00:00
Montes-de-Baixo

Talvez em mais do que 90 % dos casos isso não seja possível. As barragens são situadas em sítios onde se acumula e apanha o máximo das águas pluviais. Mas as Piscinas Biológicas® têm de evitar quaisquer afluentes de águas superficiais. As águas das barragens são turvas devido à impermeabilização mineral (barro e argila). Esta turbidez da água impede um bom desenvolvimento de plantas subaquáticas.

 

Uma Piscina Biológica® é perigosa para crianças?2017-05-19T12:02:13+00:00

Cada sítio com água mais ou menos funda é, sem dúvida, um potencial perigo para crianças ou outras pessoas que não sabem nadar. Em comparação com as bacias das piscinas convencionais uma Piscina Biológica® normalmente tem margens com cintura de plantas e menos inclinadas. Existem redes e outros tipos de vedação para ter uma maior segurança para os miúdos. Mas melhor que qualquer solução técnica, é o acompanhamento dos mais jovens pelos pais.

Na fase da concepção de uma Piscina Biológica® deve se pensar sempre em todos os membros da família. Por isso é fundamental fornecer, já na fase do projeto, todas as informações sobre os futuros utentes da Piscina Biológica®.

 

Os cremes e leites para bronzear podem ter efeito negativo para as plantas?2017-06-15T15:09:59+00:00
valle_banho

Não. Mas o filme de óleo a flutuar na superfície da Piscina Biológica® dão um aspecto muito feio. Para evitar este efeito, e para diminuir a entrada de microorganismos nocivos na água, é obrigatório tomar um duche antes de entrar numa Piscina Biológica®. Também por razões de higiene geral, cada projecto tem que ter um chuveiro junto da entrada para todas as pessoas limparem a pele antes de tomarem banho

 

A qualidade da água da Piscina Biológica® fica sempre boa?2017-06-15T15:05:24+00:00
valle_agua

A água fica transparente e respeita todas as normas exigidas por lei para a qualidade da água balnear.

A qualidade da água da Piscina Biológica® depende muito da qualidade da água do primeiro enchimento. Não podemos usar todas as águas, p.e. as contaminadas por microorganismos cujos teores já ultrapassam as normas para a água balnear. Também a composição química tem de ficar abaixo de certos valores, em especial os dos nutrientes para plantas. Um pré-tratamento eventualmente necessário tem ser definido na fase da elaboração do projeto.

Por isso, uma análise da água é obrigatória antes de iniciar o planeamento da Piscina Biológica®.

 

O sistema por plantas funciona como o filtro de uma piscina convencional?2017-06-15T15:01:46+00:00
nymphoides

As plantas aquáticas produzem oxigénio como as plantas terrestres. O oxigénio é solúvel na água. A quantidade de oxigénio dentro da água depende da temperatura da mesma. Na parte da tarde, após algumas horas de luz, a fotossíntese tem produzido tanto oxigénio que o limite de misturar água e oxigénio será ultrapassado. Isto significa que as borbulhas de oxigénio começam a sair das plantas como o dióxido de carbono num copo de água com gás.

Num meio aquático cheio de oxigénio não há hipótese de organismos patogénicos se multiplicarem em excesso.

 

Será assim, que tenhamos tomar banho junto às plantas e rãs?2017-05-19T11:47:47+00:00

Cada piscina biológica® é uma “peça única” concebida para o sítio. Mas todas têm em comum a configuração do espaço, com uma parte destinada ao banho das pessoas e uma destinada à depuração, ou seja, para as plantas. Não será sempre evitável que um sapinho apareça no compartimento da natação, mas normalmente vivem na zona das plantas onde encontram mais facilmente abrigo e alimentação.

 

Como é que as plantas sobrevivem no Inverno?2017-05-19T11:44:53+00:00

Muitas das plantas de uma piscina biológica® ficam bonitas todo o ano, porque são plantas vivazes. Muitas delas ficam verdes mesmo no Inverno, pelo menos no Sul do país. Nas terras frias, com neve, no Inverno há uma outra situação. As plantas ficam com um aspecto mais castanho, mas voltam a crescer na Primavera. Poucas espécies, como os nenúfares, estão a hibernar debaixo da superfície de água, sem nenhuma folha visível, mas na Primavera voltam a lançar as folhas flutuantes e as flores à superfície de água.

Nunca temos de substituir as plantas, porque as plantas todas são vivazes, voltam a crescer na Primavera e, além disto, criam novas gerações.

 

De onde vem as plantas?2017-06-15T14:57:49+00:00

As plantas são criadas para o fim num viveiro próprio no Algarve. Temos aí mais do que 130 espécies de plantas aquáticas autóctones, produzidas exclusivamente para os nossos projectos. A foto mostra uma parte do viveiro, que é, em termos de variedade e diversidade de espécies que produz, o maior da península ibérica.

 

A Piscina Biológica® vai atrair mosquitos?2017-05-19T11:38:05+00:00

Não. As espécies de mosquitos que picam procuram outros sítios para pôr os ovos. As larvas destes mosquitos precisam de uma água turva e rica em nutrientes. E ainda mais: Na piscina biológica® vivem várias espécies de outros insectos (p.e. as larvas das libélulas) que iam comer todas as larvas de mosquitos.

 

Posso ter peixes na Piscina Biológica®?2017-05-19T11:32:14+00:00

Não. Muitas espécies de peixes têm hábito de procurar a dieta na lama ou junto das plantas. Numa área relativamente pequena e com o objectivo de manter a boa qualidade de água os peixes rigorosamente não podem fazer parte do sistema.

 

Precisa-se de uma bomba?2017-05-19T11:24:05+00:00

Muitas vezes usa-se bombas solares ou de muito baixo consumo nas Piscinas Biológicas®, mas estas desempenham um papel diferente do que as bombas nas piscinas convencionais. O objetivo é transportar água sem danificar o equilíbrio ecológico nela.

 

A tela plástica tem uma longevidade suficiente?2017-05-19T11:20:19+00:00

As telas plásticas de alta qualidade que usamos para as piscinas biológicas® são de polioleofinos, um material cem por cento reciclável, um produto exclusivo para piscinas biológicas®. O material é sempre soldado (e não colado!) no sítio, como um fato a medida. É necessário tapar todas as partes da tela com substratos ou água. A tela tem mais longevidade do que o betão.

 

É possível aquecer a água de uma Piscina Biológica®?2017-05-19T12:16:38+00:00

Em geral é possível instalar um sistema de aquecimento de água, mas a água de uma piscina biológica® aquece naturalmente mais rápido devido ao baixo nível da água na parte das plantas. Assim um aquecimento é normalmente dispensável. De um modo geral a temperatura nunca deverá atingir mais que 30ºC. A partir desta temperatura as plantas começam a sofrer.

 

Qual a manutenção de uma Piscina Biológica®?2017-06-15T14:48:30+00:00
mergulhador_brejo

Devido ao teor de calcário na água ou de plantas caducifolias na vizinhança da Piscina Biológica® pode haver uma acumulação de depósitos no fundo da parte de natação. Recomenda-se a limpeza a esse local quinzenalmente até mensalmente através de um aspirador para piscinas.

Normalmente as plantas não precisam de manutenção, porque as partes velhas podem cair na água, serão mineralizados com o tempo e fazem parte da alimentação de novas plantas.

Nunca se usa quaisquer aditivos químicos na água. Também não é possível, nem necessário, usar qualquer equipamento de desinfecção.