Muitas das diferentes espécies de plantas aquáticas plantadas nas piscinas biológicas têm um nome em comum: castanha-de-água. Podem ser de folhas largas, totalmente subaquáticas, ou apenas com folhas flutuantes, ou de folhas finas e até, combinações com folhas finas e folhas largas flutuantes. Há toda a diversidade!

As castanhas-de-água,  Potamogeton em científico, é um género de distribuição mundial, tem representantes em todos os continentes, menos Antárctida, vivem nas águas frias de Escandinávia e Norte do Canada, e em águas tropicais, por exemplo da Ásia.

Também na Europa e assim em Portugal existem várias espécies delas. Nas piscinas biológicas formam o grupo principal de plantas aquáticas. Estão incorporar muitos nutrientes e oxigenam a água. O viveiro que abastece exclusivamente os nossos projetos das piscinas biológicas dispõe de muitas espécies autóctones de castanhas-de-água e os projetistas escolham as espécies adequadas para cada água.

Como precisam de águas limpas, muitas espécies são raras na natureza e a Lista Vermelha da Flora de Portugal conta já com 5 espécies dum total de 11 espécies existentes do género Potamogeton com estatutos de ameaça.